Threats

Um terço dos utilizadores não se preocupa com segurança dos códigos QR

Um novo estudo indica que 34% dos utilizadores não se preocupa com possíveis ciberataques quando utiliza códigos QR e que os cibercriminosos têm aproveitado a tecnologia para levar a cabo os seus ataques

10/10/2021

Um terço dos utilizadores não se preocupa com segurança dos códigos QR

A utilização de códigos QR tem aumentado nos últimos meses. De acordo com um estudo da MobileIron, 86% dos utilizadores móveis scaneou um código QR no último ano. Diz o mesmo estudo que, no entanto, 34% dos utilizadores não se preocupa com a segurança desses códigos.

Apesar da utilização destes códigos, é possível embeber sites que contenham malware personalizado que, quando os sites são visitados através do código QR, pode, depois, exfiltrar dados do dispositivo móvel, ou direcionar diretamente para um site com o objetivo de roubar credenciais de acesso.

Os cibercriminosos estão a capitalizar as falhas de segurança abertas pela pandemia para ter como alvo os dispositivos móveis e levarem a cabo ataques mais sofisticados. Habitualmente, os utilizadores estão mais distraídos quando utilizam o seu smartphone, tornando-os alvos mais apetecíveis


RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº2 Setembro 2021

IT SECURITY Nº2 Setembro 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.