Blue team

Logicalis acompanha transformação do mercado com visão sobre cibersegurança

A aposta na implementação do SOC no mercado português permite à empresa trabalhar com os seus clientes e auxiliar na deteção, resposta e mitigação de ameaças

Por Marta Quaresma Ferreira . 08/02/2024

Logicalis acompanha transformação do mercado com visão sobre cibersegurança

Composta por uma equipa de mais de sete mil especialistas, a Logicalis posiciona-se como um provider global de soluções tecnológicas e serviços digitais, tendo sido já responsável pela transformação digital de mais de dez mil clientes a nível global.

“A evolução do nosso negócio e do respetivo modelo tem refletido e acompanhado todas as necessidades de transformação do mercado”, começa por contextualizar Luís Lança, CTO da Logicalis.

A transição para uma multinacional líder global “permitiu-nos crescer para uma oferta mais abrangente de serviços integrados”.

Contribuir para a proteção dos clientes

As soluções mais procuradas pelos clientes “têm um impacto direto na sua agilidade, segurança e eficiência operacional, dentro das várias vertentes tecnológicas”, acrescenta Luís Lança, que defende que o fator diferencial passa, muitas vezes, pelos clientes encontrarem um Parceiro que caminhe ao seu lado na “transformação e otimização” holística, permitindo, ao mesmo tempo, “integração, visibilidade e capacidade de resposta sobre todo o seu ecossistema digital”.

O atual panorama da cibersegurança e os incidentes registados levam, na visão da Logicalis, a “um apelo à ação”, com necessidade de investimentos constantes na segurança da informação.

A organização encontra-se a desenvolver atualmente um portfólio abrangente, com vertente de GRC (Análise Geral de Governance, Risk e Compliance), Ciberawareness, identificação geral de vulnerabilidades, validação de configurações, avaliação da arquitetura IT ao nível da segurança e Security Operations Center (SOC).

A implementação do SOC em Portugal garante à empresa a capacidade de auxiliar os clientes na deteção, resposta e mitigação de ciberameaças. Este avanço reveste-se de uma importância crucial na estratégia global da Logicalis, que reforça a “capacidade de garantir a segurança e a proteção dos sistemas” dos seus clientes, proporcionando- lhes “uma resposta ágil e eficaz face aos desafios em constante evolução no cenário de cibersegurança”.

O centro de segurança permite aos clientes portugueses e também mundiais uma monitorização e resposta proativas a ameaças em tempo real, com um reforço da segurança das suas operações, gerida através das equipas técnicas especializadas.

A gestão, a cargo da Logicalis, inclui o serviço de Managed Detection and Response (MDR), desde a deteção e resposta a ameaças até à gestão de vulnerabilidades e patch management, culminando na proteção dos sistemas dos clientes.

Um olhar consciente para o atual panorama da segurança

“O mercado está a tornar-se mais maduro e a consciêncialização sobre a importância da cibersegurança está a crescer em Portugal. Ao analisar o estado atual do mercado, percebe-se uma mudança positiva nas atitudes em relação à cibersegurança, com uma compreensão mais profunda dos riscos associados às ameaças cibernéticas”, afirma Luís Lança, que fala num reconhecimento, por parte de empresas e organizações, da “necessidade crítica de investir em medidas robustas de segurança da informação para protegerem os seus ativos digitais e garantirem a resiliência e continuidade das operações”.

Adicionalmente, o CTO da Logicalis destaca a “proatividade por parte das empresas na implementação de soluções de cibersegurança e na adoção de práticas mais seguras”, justificada por uma maior compreensão e consciencialização da evolução constante das ciberameaças e do seu impacto na integridade e confidencialidade dos dados dos negócios.

O futuro passa por continuar a superar os desafios: “Alguns setores podem enfrentar obstáculos na implementação efetiva de estratégias de cibersegurança devido a limitações orçamentárias ou falta de recursos especializados”, alerta Luís Lança, que olha, no entanto, para o reconhecimento geral da importância da cibersegurança como “um sinal encorajador de que as organizações estão a priorizar a proteção contra ameaças digitais no cenário empresarial português”.


RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº18 Junho 2024

IT SECURITY Nº18 Junho 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.