Blue team

Check Point lança plataforma para proteção de recursos profissionais

A fabricante afirma que esta é a mais abrangente proteção do mercado para recursos profissionais e conta com segurança automatizada de aplicações, funções e containers desde o desenvolvimento à execução em qualquer ambiente cloud

22/06/2021

Check Point lança plataforma para proteção de recursos profissionais

A Check Point anunciou a expansão de funcionalidades da unificada Cloud Native Security Platform para que esta garanta a proteção dos recursos de trabalho numa abordagem application-first com a Check Point CloudGuard Workload Protection.

Esta solução de segurança totalmente automatizada mune as equipas de segurança de ferramentas que automatizam a segurança pelas aplicações de Interfaces de Programação de Aplicações (API) e ainda microserviços que vão desde o desenvolvimento à execução numa única interface. 

Com a pandemia da COVID-19 a forçar as empresas a transitar para um ambiente de trabalho móvel e flexível, a cloud tornou-se a escolha natural das organizações que procuram potenciar os seus trabalhadores remotos. À medida que mais organizações migram para a cloud em paralelo com uma mudança organizacional “shift-left”, as equipas de segurança têm a seu encargo a gestão de múltiplas plataformas, nenhuma das quais fornece a visibilidade e capacidade necessárias para proteger o rápido crescimento do número de recursos depositados na cloud. Na verdade, de acordo com um estudo recente, 68% das empresas olham para a má configuração dos ativos cloud como uma das mais significativas causas por detrás das ameaças de segurança no seu âmbito.

Ao unificar as essenciais funcionalidades de segurança cloud, a plataforma CloudGuard da Check Point está a cumprir um requisito central revelado pelo estudo anual da ECG sobre a segurança na cloud, a forte preferência por um conjunto consolidado de controlos baseado numa plataforma integrada. A abordagem completamente automatizada da plataforma CloudGuard reflete uma outra conclusão-chave da nossa investigação, com a automatização dos controlos e processos através de ferramentas CI/CD utilizadas pelo DevOps”, afirmou Doug Cahill, Vice President, Analyst Services and Senior Analyst, Enterprise Strategy Group.

A CloudGuard adota uma abordagem “application first” para proteção dos recursos profissionais com aplicações web automatizadas e proteção API. Entre funcionalidades-chave e benefícios, incluem-se:

  • Uma abordagem automatizada e unificada que reduz a complexidade e os riscos da proteção das aplicações cloud e dos recursos profissionais com segurança ponto-a-ponto para todas as aplicações e microserviços numa única plataforma cloud.
  • Uma proteção microsserviço que garante zero trust e o mais eficaz nível de deteção de ameaças em todo o ambiente, através da definição automática de perfis e da aplicação da função e do comportamento do contentor com prevenção de ameaças na execução. 
  • A ferramenta “shift-left” garante que as funções serverless e container estão a avaliar automaticamente os riscos de configuração, gerando os menores privilégios de acesso e controlo nestas funções. 
  • Ferramentas CI/CD para controlo central: automatiza a segurança de início e na fase de registo.

Para proteger aplicações cloud, as organizações têm de implementar soluções pensadas de origem para a cloud que consigam acompanhar o ritmo do DevOps”, afirma TJ Gonen, Head of Cloud Product Line, da Check Point Software. “A estratégia da Check Point é ajudar as organizações a proteger os seus recursos mais críticos com uma plataforma unificada. A Check Point CloudGuard foi delineada com o objetivo de responder aos desafios que resultam da computação cloud e automatizar todos os aspetos da segurança das aplicações e do trabalho”.

A CloudGuard da Check Point alargou as suas funcionalidades de forma a incluir containers de segurança, completando assim a Workload Protection suite. A combinação da AppSec, de funcionalidades de inteligência e deteção de ameaças, bem como de gestão de alta fiabilidade, em conjunto com proteção de execução e controlo de admissão para containers e funções serverless, fazem da CloudGuard a mais completa e automatizada solução de segurança disponível no mercado.


Notícias relacionadas

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº2 Setembro 2021

IT SECURITY Nº2 Setembro 2021

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.