iTech

VisionWare lança Threat Intelligence Center

A portuguesa VisionWare lançou o que define como um centro pioneiro de operações e análise a ciberameaças à escala mundial

01/12/2022

VisionWare lança Threat Intelligence Center

A VisionWare lançou um centro pioneiro de operações e análise a ameaças cibernéticas à escala mundial, denominado VisionWare Threat Intelligence Center.

O novo projeto surge em linha com a promulgação da Estratégia Nacional de Ciberdefesa, anunciado recentemente pelo Governo português, e conta com especialistas das áreas de intelligence e cibersegurança, de três continentes onde a VisionWare detém operação, e que farão a monitorização, análise e report urgente, em tempo real, para responder aos novos desafios e ciberameaças à segurança das instituições públicas e privadas.

O objetivo desta nova solução passa por estudar, reportar e alertar as instituições públicas e privadas, dos perigos da cibercriminalidade, desinformação, misinformation e deepfake, de forma a compreender as mais diversas origens das ciberameaças à segurança das empresas e organizações e combatê-las.

Na visão de Bruno Castro, CEO da VisionWare, “o que está hoje em jogo é a nossa segurança enquanto indivíduos, as nossas empresas e instituições, e, não menos importante, os valores democráticos. O nosso novo Centro de Inteligência surge em consonância com o apelo do Governo, para uma maior atenção da sociedade civil face ao perigo iminente das novas ameaças e riscos globais”.

Os ataques cibernéticos são atualmente a ‘novas’ armas usadas contra a segurança como um todo para atacar infraestruturas críticas nas sociedades, pelo que a criação deste Centro permite agora agregar especialistas que, através da criação de um modelo sólido de análise em tempo real, respondem às necessidades dos nossos clientes e parceiros, em Portugal, mas também pelo mundo. Este projeto representa ainda mais um passo na estratégia e posicionamento de vanguarda da VisionWare, empresa a atuar neste setor específico desde 2005, com especial foco na proteção da segurança e na mitigação de ameaças”, conclui Bruno Castro.

O VisionWare Threat Intelligence Center já se encontra em pleno funcionamento e conta com especialistas de Portugal, Cabo Verde e Panamá. O Centro em questão produzirá relatórios geopolíticos relacionados com as ameaças em estudo, monitorização de atores de risco, notificações em tempo real, sempre que dados de as instituições ficarem comprometidos, e ainda, a produção de relatórios de análise e estudo perante as principais ameaças e atores, divididos por tempo e setor de risco. Como próximo passo, torna-se fundamental capacitar as autoridades de ferramentas (e conhecimento) para o constante controlo e monitorização da deepweb/darkweb (identificação de leaks), análise de riscos de cibersegurança das infraestruturas críticas, profiling de determinados indivíduos através de técnicas de humint, deteção e defesa de ciberataques e a monitorização e supervisão contínua de determinados grupos cibercriminosos.


NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº16 Fevereiro 2024

IT SECURITY Nº16 Fevereiro 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.