Threats

Governo francês reforça programas de cibersegurança junto dos hospitais após série de ataques

A medida surge depois de algumas unidades hospitalares terem estado a braços com ciberataques que comprometeram a operacionalidade e segurança dos serviços

29/12/2022

Governo francês reforça programas de cibersegurança junto dos hospitais após série de ataques

O governo francês anunciou um programa de formação com o objetivo de ajudar os hospitais e unidades de saúde a protegerem-se contra possíveis ciberataques a instalações médicas.

De acordo com o anúncio feito pelo executivo francês, é esperado que os funcionários dos hospitais tenham conhecimento das melhores práticas em caso de ataque.

“O objectivo é que 100% das instalações de saúde mais importantes tenham sido submetidas a estes novos exercícios até maio de 2023”, revelaram os ministros do Interior, da Saúde e dos Serviços Digitais numa declaração conjunta no passado dia 21 de dezembro.

O presidente francês, Emmanuel Macron, tinha já anunciado em 2021 uma verba adicional de mil milhões de euros para a cibersegurança no setor da saúde.

Os serviços de saúde franceses têm sido alvos de repetidos ataques que bloqueiam as redes e dados informáticos relevantes, exigindo depois um resgate para recuperar os dados. No caso dos hospitais públicos, estes estão impossibilitados de realizar os pagamentos, visto que são ilegais ao abrigo da lei.

Já no início de dezembro, o Centro Hospitalar de Versalhes, nos arredores de Paris, foi alvo um ciberataque, que colocou o serviço de urgências a trabalhar apenas a 50% da sua capacidade.

Em agosto, outro hospital a sul da capital francesa foi também alvo de um ataque com pedido de resgate.


NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº16 Fevereiro 2024

IT SECURITY Nº16 Fevereiro 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.