Threats

Maioria dos ataques de ransomware dirigidos às PME

Durante o ano de 2022, 61% de todos os ciberataques tiveram como alvo as pequenas empresas e, em vários casos, os custos de um ciberataque de ransomware podem levar ao encerramento de uma PME

30/06/2023

Maioria dos ataques de ransomware dirigidos às PME

A Check Point partilhou nos seus últimos relatórios que as PME são um dos alvos mais recorrentes dos ciberataques, com o ransomware a representar já uma ameaça significativa para mais de 80% das PME na Europa.

No entanto, o investimento em cibersegurança continua a ser uma das principais tarefas pendentes para estas empresas. Muitas destas nem incorporam qualquer tipo de solução de segurança e os custos cada vez mais elevados associados aos resultados de um ciberataque podem levar ao encerramento total de uma PME.

De acordo com o Relatório SMB 2022 da Check Point Software, baseado num inquérito a mais de mil pequenas e médias empresas nos EUA, Alemanha, Reino Unido e Singapura, dois dos maiores impactos que os ciberataques têm nas PME incluem a perda de receitas (28%) e a perda de confiança dos clientes (16%).

No entanto, de facto, os danos nem sempre se limitam exclusivamente às empresas. Os métodos utilizados nos ciberataques continuam a evoluir, dando origem aos chamados ataques de ransomware de dupla e tripla extorsão, em que, depois de a empresa ser ‘raptada’ e mantida para resgate, os utilizadores afetados pela violação são novamente contactados e é-lhes pedido mais dinheiro.

O trabalho híbrido complicou a segurança para as PME, promovendo a necessidade de uma plataforma de segurança simples e consolidada. Cada vez mais empresas querem investir em cibersegurança para salvaguardar e impulsionar o crescimento do negócio”, partilha, em comunicado, Rui Duro, Country Manager da Check Point em Portugal. “No entanto, com a crescente escassez de profissionais qualificados em cibersegurança, precisam de uma solução que ofereça uma proteção de cobertura total sem processos complicados de instalação e integração, de preferência uma que ofereça uma prevenção comprovada de ameaças e a flexibilidade de uma solução 'tudo em um' que combine segurança e conetividade à Internet”.


NOTÍCIAS RELACIONADAS

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT SECURITY Nº18 Junho 2024

IT SECURITY Nº18 Junho 2024

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.